Para Temer, estudantes que ocupam as universidades não têm argumento intelectual


Repercutindo a sabatina que o presidente Michel Temer participou, no programa Roda Viva, na noite de ontem (14), na TV Cultura, o Portal 247 afirmou em uma reportagem, que Temer voltou a ofender os estudantes que estão ocupando os espaços das universidades em vários estados. Segundo o site, o presidente praticamente chamou os estudantes de estúpidos, néscios, broncos e intelectualmente incapazes, quando teria dito na entrevista que vê muito protesto físico, mas não argumentativo intelectual.

No texto, o Portal 247 declara ainda que algum assessor da presidência deveria providenciar uma cópia do discurso da estudante Ana Júlia, realizado na Assembleia Legislativa do Paraná, em defesa das ocupações contra a PEC 55. Além disso, o portal afirmou que a mídia deverá destacar a parte "que mais gostaram", que seria a promessa de que a reforma da Previdência seguirá para o Congresso ainda este ano, depois de o Senado votar a PEC 55.

O artigo mencionou ainda o comentário de Temer acerca de menções a seu nome na Operação Lava Jato. Segundo o texto, Temer afirmou ter recebido Marcelo Odebrecht no Palácio do Jaburu, que teria ido lá para manifestar o desejo da construtora de sua família de contribuir com as campanhas do PMDB. Ainda de acordo com o relato do presidente, os R$10 milhões teriam sido dados ao diretório nacional do PMDB sem que Temer pedisse, no entanto, o texto destaca que prefere ouvir a versão do Marcelo, quando fizer a delação premiada. O artigo destacou ainda que Temer voltou a defender que a chapa Dilma-Temer arrecadava cada um para sua legenda.