Elias Gomes diz que deixa a casa em ordem e internautas caem em cima

Após fazer uma postagem, no final da tarde da última sexta-feira (18) em sua página do Facebook, dizendo que após duas gestões, deixa a prefeitura de Jaboatão dos Guararapes em ordem e com o sentimento de dever cumprido, o atual prefeito, Elias Gomes, é criticado por inúmeros comentários de internautas. 

De acordo com o gestor, ações como a criação de um binário, pagamento em dia, Mercado de Cavaleiro, Engorda da praia, e ainda segundo ele, ter tirado a educação do município da décima colocação no IDEB da Região Metropolitana para o primeiro lugar. De acordo com os dados divulgados, Elias Gomes foi o prefeito que mais construiu escolas em Jaboatão, totalizando pouco mais de 30 unidades, fora outras 17 que estariam aguardando recursos da Caixa Econômica Federal para serem iniciadas. 

No Facebook, a repercussão não foi tão boa assim. E os exemplos são muitos, como um em que uma internauta questiona “de que Jaboatão” Elias está falando, e cita o nome de uma das ruas que teria ficado com obras pela metade. “Vá e vá com uma certeza, aqui em Jaboatão o senhor e sua corja de enganadores não serão eleitos nunca mais!”, disparou a internauta Sheylla Patricia.

Ainda entre os principais comentários está o do internauta Adson Ferreira Nascimento, que também discorda da publicação. “Não é o que diz os jaboatonenses, tanto que reprovou o candidato a sucessão prejudicado pelos altos índices de rejeição do atual prefeito, ficando apenas na 3° colocação e elegendo uma minoria para a casa legislativa”, observou Adson.

No final do texto, a matéria afirma que Gomes, que é atualmente vice-presidente do PSDB em Pernambuco, assumirá o posto de presidente e fará uma reestruturação da legenda. Além disso, Elias continuará, profissionalmente, realizando consultorias para outros municípios, inclusive de outros estados. 

Na última quarta-feira (16), Elias reuniu 16 prefeitos que integram o G100 (grupo de cidades com mais de 100 mil habitantes) para discutir projetos na área de modernização administrativa. No próximo dia 24, ele representará esses prefeitos, enquanto vice-presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, numa reunião do BNDES que discutirá a viabilização de financiamento para o Programa de Modernização Administrativa.