Dez profissões que devem ter aumento salarial acima da inflação em 2017

Por meio de um estudo realizado pela consultoria Robert Half, o Guia Salarial, chegou-se à conclusão de que 10 categorias deverão ter aumentos em 2017, acima da inflação de 2016, estimada pelo boletim Focus do Banco Central em 7,01% pelo IPCA. As informações foram divulgadas pelo site do Estadão, nesta quarta-feira (16). 

De acordo com a publicação, os valores projetados são resultados de propostas financeiras para futuras contratações, elaborados pelos seus clientes e salários praticados atualmente no mercado. O estudo apontou que a área de tecnologia é a que mais terá aumentos reais.

Segundo o estudo o setor de desenvolvedor de software com maior previsão de aumento, o equivalente a 28,4%. Segundo os dados, os salários devem variar entre R$ 3.255 e R$ 11 mil.

Confira abaixo, as demais categorias que devem ser impactadas com salários acima da inflação:

gerente de produtos em desenvolvimento de software (21,7%); salários de R$ 8.000 a R$ 20.000;

gerente de planejamento em Suply Chain (18,6%), com salários entre R$ 10.000 e R$ 15.500 

gerente de Big Data (15,4%), com salários entre R$ 10.000 e R$ 20.000;

diretor de tenologia (15%), com salários entre R$ 17.250 e R$ 46.000;

advogado pleno em contencioso trabalhista (11,5%), com salários entre R$ 4.200 e R$ 6.500. Nos maiores, poderá chegar a R$ 9.500;

analista em logística (11,1%), com salários entre R$ 5.000 e R$ 10.000 em empresa de grande porte; 

e desenvolvedor de aplicações mobile (10,7%), com salários entre R$ 7.000 e R$ 14.040; e 
coordenador de comunicação na área de marketing (10,3%), com salários entre R$ 6.500 e R$ 9.500 em empresas de grande porte.
https://syndication.exdynsrv.com/splash.php?idzone=2574917